Divas e o Tinder.

Divas Solteiras,

Não está fácil conhecer pessoas novas, quanto mais aquelas que têm potencial para um envolvimento mais profundo. Não é verdade?

Profunda estou eu hoje, bem sei. Mas o assunto é sério.

Hoje trago-vos a única coisa que vos irá salvar: O Tinder.

O segmento gay masculino já tem uma ferramenta do género há que tempos (sempre tão espertas para estes assuntos) mas agora, finalmente, está disponível para vós.

Esta bela aplicação permite-nos saber quem está num raio até 160km e já consta nos smartphones das mais atentas. Eu diria que é o Santo Graal das plataformas interpessoais.

Estive a fazer um teste de utilização e descobri algumas coisas relevantes que partilho convosco.

. É um catálogo de homens e mulheres que estão à procura de par. Não tem a certificação da La Redoute. É mais estilo 3 Suisses. Mas funciona.

. No caso das mulheres que procuram homens, sim porque há para todos os gostos, adianto que 85% são carecas, gordos, peludos, míopes, narigudos, com acne até ao umbigo e compram roupa na Bershka Man.

. A virtude está nos restantes 15%. Mas reparem, é a mesma proporção que encontramos na rua, certo? A não ser que tenham ido à Matiné da Bloop, este sábado, onde toda a gente vos pareceu linda. Outros quinhentos.

. O objetivo da app é deixar correr o catálogo, ver os perfis e dar Nopes ou Likes. Preparem-se, uma hora de Tinder corresponde a 150 Nopes e 2 Likes. Mas não percam a esperança de um Match que vos pode mudar a vida.

. Quando se coloca um Like, o objetivo é que se faça Match. Isso só acontece quando se “laikam” mutuamente de forma aleatória. Só quando tal sintonia surge é que, finalmente, vós podeis começar a trocar mensagens. Quando estão ambos muito tímidos, o próprio do Tinder encarrega-se de vos enviar notas como: Conversations don´t start themselves… Sempre sábio.

. Descobri ainda que nestes 15% de seres reprodutores viáveis (pelo menos para uma verdadeira Diva) provavelmente 2% serão colegas de trabalho, o que é sempre bom, 5% são surfistas, bodybordistas e portanto não confiar, 3% cometeram o erro de tirar uma selfie a “dormir”, o que dá que pensar, e 5% são o alvo. No euromilhões têm menos probabilidades de acertar e continuam a jogar, certo?

. Sobre marcar um encontro através do Tinder, aconselho vivamente a que seja num sítio público e que remeta um pouco para a vossa personalidade. Por exemplo, na Primark do Colombo, um domingo antes do Natal.

E não cedam a convites para jantar em casa do crocodilo às 23h30.

Com cautela, ainda se safam.

Love,

D.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s