Resoluções de uma Diva para 2015.

Queridas, espero que tenham escrito as vossas resoluções para o ano de 2015 e que as tenham enterrado perto de uma árvore. Estilo bruxaria branca, como lhe chamam. Ou magia, será isso?  Whatever.

Como sabem, eu sou uma mulher livre e sem segredos.

Por isso partilho convosco as minhas. Espero que vos sirva de inspiração.


Acordar mais cedo – 
Bem, esta resolução é antiga. Se nem em pequena acordava para ver os desenhos animados de manhã, como é que hoje vou acordar mais cedo para chegar a horas ao trabalho?! Pois é. Impossível.

Não ser má para as pessoas – Principalmente de manhã. É um desafio, de facto. No caminho de casa ao trabalho devo insultar mentalmente, e diariamente, cerca de 40 pessoas. Let´s make it 20 para não ser muito abrupto.

Ir mais vezes ao Ginásio – Apostar numa roupinha de treino menos vergonhosa talvez me ajude a ganhar motivação. Pensa também nisso.

Tentar não perder muitas coisas – Pelo menos o Pass e o Cartão Multibanco. Ao mesmo tempo.

Não meter defeitos nos jantares de aniversário de amigos – Por este preço, esta cena ranhosa? E não podemos pedir mais uma garrafa?! Como assim??”. Todos sabemos que é inevitável. Mas vamos tentar acalmar os ânimos. Pelo aniversariante, vá.

Não levar cartão multibanco quando vou para os copos – Descobri, já há muito tempo, que o meu cartão da CGD tem síndrome de Cinderela. De madrugada transforma-se num American Express Gold Card. Mas só até às 7h, por aí. Quando acordo percebo que voltou a si mas com metade do saldo. A evitar.

Não ir na conversa de ir ao Urban – “Vem connosco, vai ser divertido, estamos todos juntos!” Não. O Urban nunca é divertido e muito menos todos juntos. Em 2015 não caiam nesta balela.

Não ir jantar fora depois de treinar – Muito menos ao Mac que fica ao lado do Ginásio. Aconteceu-me algumas vezes, confesso, e cruzei-me quase sempre com uma rapariga que treina à mesma hora que eu. É uma menina de peso que não cabe sequer na elíptica. Não há nada pior do que ver uma gorda a comer Fast Food. GOD.

Não entrar na H&M sem dinheiro – Acabo no provador a achar tudo um máximo. Chego a casa e começo a contar iogurtes. Algo não bate certo…

Não andar com soutiens apertados porque não tive paciência para experimentar na loja –  E ponto!

Bom ano.

Love,

D.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s