Diva e a Figaro’s Barbershop.

Senti que devia fazer um apelo sobre o que se está a passar com a famosa barbearia lisboeta que interdita a entrada às mulheres e não aos cães. Para começar, acho simpático preferirem limpar xixi e cócó a arregalar os olhos, mas bom… vamos lá dar início ao comunicado:

Meus amigos barbeiros armados em hipsters: 

Não acho correto que captem um público macho, de alto calibre e potencial interesse, entre as vossas portas, sem partilhar com ninguém do sexo feminino.

Sabem quantos sítios temos em Lisboa com estas características?

Nenhum.

Têm ideia do quão raro é encontrar mais do que 5 homens, que gostam de gajas, num mesmo estabelecimento?

Parece que não.

Percebem o que nos fazem sentir quando nem sequer nos deixam espreitar o local que terá, muito provavelmente, mais homens heteros por metro quadrado na Capital? Daqueles mesmo à séria que ainda vão ao barbeiro e, enquanto cortam o cabelo, bebem uma cerveja?

Já se deram conta da realidade da mulher encalhada, por acaso? Dos seus medos, inseguranças, escassez com a qual se depara diariamente?

E que tal serem solidários, suas bestas?!

Peço-vos que reflitam sobre este tema e ponderem a vossa decisão.

Aprendam a partilhar, em vez de cuidarem da vossa barba como quem cuida de um jardim. Essa merda não vai dar rosas na Primavera.

Love,

D.

Anúncios

4 Comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s