Diva conta tudo sobre a filha secreta dos Duques de Bragança.

Anda tudo num alvoroço por causa da filha secreta da Princesa Diana. Dizem que é a cara chapada dela e que a Kate, aquela cansativa, até já a conheceu.

Todos sabemos que as histórias que acontecem para lá das nossas fronteiras têm sempre mais interesse. Contudo, também nós andámos a ocultar um segredo ligado à monarquia portuguesa. É verdade.

Se não acreditam, façam favor de abandonar o meu espaço online.

Sou uma mulher de palavra.

Passo a explicar: 

D.Bigodes e D.Isabelinha também passaram pelo teste de fertilidade ao qual Lady Di e Orelhas se sujeitaram. Mas aqui a história foi diferente, e bem mais lusitana.

Os pseudo-reis da Tugolândia passaram por todo este processo no Hospital de S. José, entidade que acabou por deitar os óvulos principescos ao lixo, passado pouco tempo das análises. Como sabem, na altura não havia Ecoponto e por isso lá foram os bichos parar ao contentor, juntamente com os restos do frango assado e a litrosa do almoço. Era tudo à balda na altura. Uma vergonha.

Por outro lado, e pelas ruas de Lisboa, quem andava de lixo em lixo à procura de seringas em bom estado era Tucha, a rainha do Intendente nos anos 80. Ora, podem começar a tentar adivinhar a história…

Tucha, a mais digna das agarradas da altura, mulher que vendia o seu corpo sempre por um valor superior a 5 contos, era viciada em cavalo de corrida. Era este seu vício que a obrigava a procurar utensílios esterilizados nos contentores perto dos Hospitais. Num belo dia de ressaca pesada, na sua recorrente caça à pica, Tucha encontrou uns belos óvulos etiquetados com o nome “Ovinhos do Rei Bigodes”. Fez-se luz na sua cabeça como há muito não acontecia. Rapidamente agarrou os óvulos e decidiu dar uma volta de 500º à sua vida.

Nesse dia, em vez de se injetar na veia, Tucha resolveu perfurar-se com vida.

9 meses depois veio ao mundo Duartina.

Duartina era uma bebé doce, bonita, rechonchuda e saudável. Apenas tinha um problema físico bastante evidente. Nasceu com o bigode do pai.

Tucha, preocupada com a infância da garota e com todo o bullying que esta poderia vir a sofrer, percorreu todos os gabinetes de estética para resolver o assunto. Mas foi em vão. Esta disfunção genética demonstrava-se irreversível. A pequena Duartina era um misto de D.Duarte com Artur Jorge, não havia nada a fazer.

Desesperada, esta mãe foi ter com D.Duarte e D. Isabelinha para tentar ajudar a garota. Fecharam-lhe a porta na cara.

Disseram-lhe que apesar de terem pena da miúda, estavam na penúria, daí andarem sempre tão mal enjorcados. Tucha tomou coragem e, mesmo desorientada, resolveu abandonar o país e ir para a Áustria com a sua menina.

Hoje, Duartina, é uma mulher de sucesso.

Mudou de nome, venceu a Eurovisão e nunca mais quis saber dos seus pais biológicos.

Também eu fiquei incrédula mas é verídico.

Conchita é filha legítima dos reis de Portugal.

Love,

D.

Anúncios

One Comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s